Total de visualizações de página

domingo, 12 de julho de 2015

VEM OUVIR O PASSAR DO VENTO



VEM OUVIR O PASSAR DO VENTO

Vem ouvir passar o vento
E, senti-lo no teu rosto
Aceita, este meu intento
E, verifica o quanto gosto

Não mates este amor
Que em mim quer existir
Ele é lindo, minha flor
Não o queiras destruir

Sei que sou um sonhador
E, nem sempre o devia ser
Mas como evitar meu amor 
Se o sinto irromper 

Não insistas, em ser terrena
Voa comigo, e tenta sonhar 
Vem minha flor, que vale a pena 
Este lindo amor partilhar 

Não me faças baixar à terra
Para nela me fixar 
Necessito voar, e sair dela
Pois nela sinto-me sufocar

Luís Filipe D. Figueiredo

2 comentários: