Total de visualizações de página

sábado, 1 de agosto de 2015

OLHAVAS O CÉU ESTRELADO



OLHAVAS O CÉU ESTRELADO

Olhavas o céu estrelado
Quando te vi no meu sonho
E, ao ver-te fiquei extasiado 
Com esse teu ar bisonho

Naquela galáxia encantada 
Sobressaías entre qualquer 
Eras tu, a minha amada 
A minha estrela, e mulher 

Perdidamente apaixonado 
Guardei-te na minha mente
Para não me sentir separado

Deste momento belo, e diferente
Vais estar sempre ao meu lado
Seja passado, futuro, ou presente 

Luís Filipe D. Figueiredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário