Total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

GUARDEI-TE DENTRO DE MIM



GUARDEI-TE DENTRO DE MIM

Guardei-te dentro de mim
E, jamais te deixei partir
Recuso-me a aceitar o fim
E, em cada dia faço-te surgir 

Recordo no teu lindo olhar
Cada momento que vivemos 
Causando-me este bem-estar
O muito que nos queremos 

Com os meus braços te enlaço 
Com os meus lábios te beijo
E, com o meu sorriso disfarço

O quanto amor te desejo
Não concebo o desenlaço 
Pois és tudo que almejo

Luís Filipe D. Figueiredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário