Total de visualizações de página

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

O AMOR



O AMOR 

O amor é a poesia dos sentidos
O sentimento que me faz vibrar
É sonhar que ficaremos unidos
No dia, que te encontrar

É procurar-te no denso nevoeiro
E, nas noites de luar
É o sentir o desejo de ser o pioneiro
E, para sempre te amar

É seres a metade, que eu procuro
É seres a parte mais importante 
É seres o meu presente, e futuro

É seres tudo, e estares tão distante
Este é o amor, que eternamente; juro
Ser o mais puro e incessante 

Luís Filipe D. Figueiredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário