Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

VEJO-TE NUA



VEJO-TE NUA
Vejo-te nua
Fico para trás
Atravesso a rua
Que bela, estás
Em frente à janela
Sem pestanejar
Acho que és bela
Desejo-te amar
Envio-te um beijo
Através do vento
Mato o desejo
Com o pensamento
Não perco o ensejo
E, guardo o momento
Luís Filipe D. Figueiredo