Total de visualizações de página

domingo, 15 de novembro de 2015

SOU O SONHO, E A REALIDADE



SOU O SONHO, E A REALIDADE

Sou o sonho, e a realidade
Sou a tristeza, e a alegria 
Sou o jovem na puberdade
Sou o desejo, e a fantasia 

Sou tudo o que quero ser
Sou o rio, e sou o mar
Sou o sol ao amanhecer 
Sou uma gaivota a voar

Sou tudo, e não sou nada 
Sou uma estrela cintilante
Sou o nascer da alvorada

Sou o sentimento agonizante 
Sou uma alma penada 
Mas não sou nada se estás distante

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)