Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

NOITES DE VERÃO, NOITES QUENTES



NOITES DE VERÃO, NOITES QUENTES

Noites de verão, noites quentes
Noites de loucura, e de paixão
Em que cubro de beijos ardentes 
Esse teu corpo; com convicção

Noites repletas de estrelas 
Noites belas, e de luar
Em, que voamos entre elas 
E, ficamos a levitar 

Noites que guardo na mente
E, nela as quero conservar 
Para me sentir diferente 

E, predestinado a te amar
Noites, que somente 
Tu, e eu, iremos recordar 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)