Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de março de 2016

MERGULHO NAS PROFUNDEZAS DO MAR



MERGULHO NAS PROFUNDEZAS DO MAR

Mergulho nas profundezas do mar
E, em cada pensamento que tenho
Sinto a minha alma a naufragar 
Numa dor imensa, e sem tamanho

Analiso os meus defeitos, e virtudes
Apelo à minha consciência
E, perante determinadas vicissitudes 
Procuro agir com inteligência 

Não sei mais se estou vivo ou morto
Se estou a sonhar ou acordado 
Mas sei que sinto em mim o garoto

E, o homem que por ti está apaixonado
Ai como é lindo esse teu sorriso maroto
Que deixa-me completamente encantado 

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário