Total de visualizações de página

terça-feira, 25 de outubro de 2016

A CHUVA CAÍA, E EU ALI


A CHUVA CAÍA, E EU ALI 

A chuva caía, e eu ali 
Feito estátua de pedra 
Olhando para ti 
Bela, e sincera 

Assim te via 
Eras a Quimera 
Que em mim surgia
Na Primavera 
Naquele dia 

De alma lavada 
Pela bênção caída
Tu, minha amada 
Eras a minha vida 
Perdida, e achada 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Um comentário: