Total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

QUIS-ME EM TEU CORPO DELICIAR


QUIS-ME EM TEU CORPO DELICIAR.

Quis-me em teu corpo deliciar.
Amando-te sem receios. 
Beijando os teus belos seios.
Naquela tarde à beira-mar.

O sol caía no horizonte. 
O céu estava avermelhado.
E, eu por ti encantado. 
Despia-te atrás dum monte.

Composto por rochas e algas.
Que encobria as nossas nádegas. 
Nos amámos loucamente. 

E, sem nos importar, onde estávamos. 
Com aquele monte, a porta encerramos. 
E, vivemos um dia diferente.

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário