Total de visualizações de página

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

INSTANTES




INSTANTES 

Instantes, vazios. 
Instantes, enormes. 
Instantes, frios. 
E, desconformes. 

Instantes, que percorro. 
Com o pensamento. 
E, aos quais recorro. 
No firmamento. 

Instantes, belos. 
Onde te encontrei. 
Lindos, e singelos. 

Onde te amei. 
Instantes, anelos. 
Que, guardarei. 

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário