Total de visualizações de página

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

QUERO ACORDAR NA AREIA MOLHADA


QUERO ACORDAR NA AREIA MOLHADA

Quero acordar, na areia molhada.
Bem pertinho do mar. 
Quero abraçar-te, minha amada.
E, verificar, que não estou a sonhar.

Quero viver, para além da vida.
Não concebo a nossa separação.
Quero eternamente amar-te, querida.
E, sentir esta imensa paixão.

Quero sentir, os teus beijos molhados.
Os teus suspiros, e abraços.
Quero sentir, os nossos corpos abraçados.

E, o deslumbramento, ao olhar os teus traços. 
Quero, que para sempre fiquem gravados.
Nos nossos corações, os nossos laços. 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário