Total de visualizações de página

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

FOI UMA NOITE ENCANTADA


FOI UMA NOITE ENCANTADA 

Foi uma noite encantada 
Que passamos ao relento
Dei-te uma rosa encarnada
Que colhi naquele momento

Foi uma noite diferente 
Esta, que vivemos outrora 
Que, jamais ficou indiferente 
Na nossa mente, até agora 

Foi uma noite marcada 
Pelo desejo intenso 
Onde o tudo, era nada 

E, nada era imenso 
Foi uma noite idolatrada 
Na qual sempre penso

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

FOI UMA NOITE ENCANTADA


FOI UMA NOITE ENCANTADA 

Foi uma noite encantada 
Que passamos ao relento
Dei-te uma rosa encarnada
Que colhi naquele momento

Foi uma noite diferente 
Esta, que vivemos outrora 
Que, jamais ficou indiferente 
Na nossa mente, até agora 

Foi uma noite marcada 
Pelo desejo intenso 
Onde o tudo, era nada 

E, nada era imenso 
Foi uma noite idolatrada 
Na qual sempre penso

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)