Total de visualizações de página

domingo, 6 de novembro de 2016

SINTO


SINTO 

Sinto, no teu beijo. 
Sentimentos ocultos.
E, lábios envoltos.
De prazer, e desejo.

Sinto, no teu hálito. 
A força do amor.
Esse mágico sabor.
Que me deixa em conflito.

Sinto, dentro de ti.
O que nunca senti 
A força da paixão.

Sinto, como te amo.
E, que é por ti que chamo.
Com esta emoção. 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

SINTO


SINTO 

Sinto, no teu beijo. 
Sentimentos ocultos.
E, lábios envoltos.
De prazer, e desejo.

Sinto, no teu hálito. 
A força do amor.
Esse mágico sabor.
Que me deixa em conflito.

Sinto, dentro de ti.
O que nunca senti 
A força da paixão.

Sinto, como te amo.
E, que é por ti que chamo.
Com esta emoção. 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)