Total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

AI SE EU PUDESSE EVITAR


AI SE EU PUDESSE EVITAR

Ai se eu pudesse evitar.
A maldade neste mundo.
Começaria por te contar.
Com o que não concordo.

Não seria certamente perfeito.
Nem tão pouco seria um anjo.
Pois sei que sou imperfeito.
E, por vezes me constranjo.

Mas a maldade, não aceito.
E, faço questão de a afastar.
Fere demais o conceito.

O qual me proponho alcançar.
Para assim poder ser o eleito.
Do teu coração, que sempre vou amar.

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário