Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

GENTE FAMINTA, A TIRITAR


GENTE FAMINTA, A TIRITAR 

Gente faminta, a tiritar. 
Gente sem esperança.
Sem rumo, e lugar.
Vagueia sem segurança.

Gente triste, e amargurada.
Gente descalça, e quase nua.
Anda por ai vexada. 
E, a sua casa…é a rua.

Gente só, e maltratada.
Às quais, negam tudo.
E, não têm nada.

A não ser a miséria, a que aludo.
Triste, constrangida.
E, desprovida de tudo.

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário