Total de visualizações de página

sábado, 3 de junho de 2017

SONHOS ESPALHADOS


SONHOS ESPALHADOS

Sonhos espalhados.
Certezas incertas.
Olhos magoados.
Com tantas certezas.

Alma vazia.
Coração triste.
Rua sombria.
Que percorreste.

Jornada difícil.
Porque passaste.
Carinho hostil.

Em que viveste.
Longo, e febril.
Em que morreste.

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário