Total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

AMO-TE


AMO-TE 

Amo, o teu encanto, e beleza. 
O teu sorriso, de felicidade. 
Amo a tua boca, com certeza. 
Amo-te, na realidade. 

Amo-te, com destreza, e leveza. 
E, também com sinceridade. 
Amo-te, com franqueza. 
Amo-te, com prioridade. 

Amo-te, mais em cada dia. 
Em cada segundo, que passa. 
Amo-te, sem fantasia. 

Amo-te, de forma, que se ultrapassa. 
Este amor, que tem magia. 
E, o meu coração descompassa. 

Luís Filipe D. Figueiredo 

Todos os direitos reservados

Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)

AMO-TE



AMO-TE

Amo, o teu encanto, e beleza.
O teu sorriso, de felicidade.
Amo a tua boca, com certeza.
Amo-te, na realidade.

Amo-te, com destreza, e leveza.
E, também com sinceridade.
Amo-te, com franqueza.
Amo-te, com prioridade.

Amo-te, mais em cada dia.
Em cada segundo, que passa.
Amo-te, sem fantasia.

Amo-te, de forma, que se ultrapassa.
Este amor, que tem magia.
E, o meu coração descompassa. 

Luís Filipe D. Figueiredo

Todos os direitos reservados
Lei de Direitos de Autor (Lei 9610/98)